Setembro Amarelo: alerta para prevenção do suicídio

“Setembro Amarelo” é uma ação que visa à prevenção do suicídio e o combate ao estigma acerca do tema, visto que a cada 45 minutos um brasileiro tira a própria vida e a cada 40 segundos uma pessoa morre vítima de suicídio no mundo, totalizando, mundialmente, em mais de 1 milhão por ano e superando os números de mortos por homicídio e guerras juntos.

Se continuarmos sem falar abertamente sobre o tema, estima-se que em 2020 as taxas de suicídio dobrem, impactando não só aquele que acomete o atentado à própria vida, mas também pessoas que fazem parte do seu círculo social, como familiares, amigos e colegas de trabalho. Para mudarmos isso, é preciso estar atento aos sinais e comportamentos das pessoas ao nosso redor e quebrar paradigmas acerca da saúde mental.

O Brasil é o 8º país no mundo em números absolutos de suicídios consumados e 17% das pessoas no país já pensou em se matar em algum momento da vida. Com dados tão alarmantes, a necessidade de divulgação e propagação da campanha tornou-se uma questão de saúde pública e dever social.

No município de Santa Maria de Jetibá, é possível receber assistência gratuita no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) que prestam serviço social, acompanhamento psicológico e médico. Além disso, o Centro de Valorização da Vida (CVV) é referência em apoio e assistência emocional, recebendo até 800 mil ligações por ano através do telefone (188) que também é gratuito.

No dia 03 de setembro, o CAPS organizou em parceria com o CVV, uma capacitação para todas as agentes comunitárias de Santa Maria de Jetibá. O do intuito é trabalhar o manejo desse tema com os munícipes.

No dia 25 de setembro, o CAPS irá palestrar sobre o tema na COOPEVI, e no dia 26, o Centro de Atenção Psicossocial promoverá uma Assembleia geral para todos os usuários e familiares acerca da valorização da vida.